Obrigado pela participação de todos, o evento foi um sucesso devido a todos os participantes e palestrantes

Fotos do evento no link FOTOS

Certificados estão em confecção, assim que estiverem prontos, terá um link para baixar na página principal

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará, Campus de Maracanaú estará promovendo em comemoração aos seus 10 anos a XII edição da Escola de Microeletrônica do Nordeste 2017 (EMICRO-NE 2017) que ocorrerá de 26 a 28 de Agosto de 2017 em Maracanaú/CE objetivando promover a formação em microeletrônica no país e em especial na região Nordeste para graduandos, pós-graduandos e demais interessados na área.


Palestras Confirmadas


Teresa Lenice Nogueira da Gama Mota - Palestra sebrae no emicro

Doutorado em Desenvolvimento e Meio Ambiente. Universidade Federal do Piauí, UFPI, Teresina, Brasil Título: Utilização Sustentável de Recursos Naturais e Inovação - Organização Social de Territórios Produtivos: uma Experiência Piloto no Arranjo Produtivo Local - APL da Ovinocaprinocultura na comunidade de Boqueirão - Sobral, Ano de obtenção: 2016 Orientador: Jaíra Maria Alcobaça Gomes, Mestrado em Mestrado Em Economia. Centro de Aperfeiçoamento de Economistas do Nordeste, CAEN, Brasil Título: As Dimensões do Estado no Liberalismo Econômico, Ano de obtenção: 1994 Orientador: Jair do Amaral, Especialização em Inovação Tecnológica. Universidade Estadual do Ceará, UECE, Fortaleza, Brasil Título: Sistemas de Inovação Tecnológica de Economias Periféricas. Orientador: Abraham Benzaquem Sicsu, Especialização em IV Regular de Elaboração e Avaliação de Projetos. Centro de Treinamento e Desenvolvimento Regional, CETREDE, Fortaleza, Brasil Título: COBASA- Produção de Coco da Bahia Orientador: Salvador Archondo Mendietta,Graduação em Ciências Econômicas. Universidade Federal do Ceará, UFC, Fortaleza, Brasil,Aperfeiçoamento em Development and Management of Small Businesses and. Department of Business Administration & Management, GALILLEE COLLEGE, Israel Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico,Aperfeiçoamento em Trasnferência de Tecnologia. Organização Internacional do Trabalho, OIT, Itália,Pós-Doutorado . Universidade Estadual do Ceará, UECE, Fortaleza, Brasil Bolsista do(a): CAPES/PPGA Programa de Pós Graduação em Administração.


Raimundo C. S. Freire - Evolução das Emicros

Tem graduação em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal do Maranhão (1979), mestrado em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal da Paraíba (1982), doutorado em Engenharia Elétrica pelo Institut National Polytechnique de Lorraine França (1988) e pós-doutorado na Ecole Supérieur des Télécommunications (Paris-França). Foi professor da Universidade Federal do Maranhão, da Ecole Nationale Supérieure des Télécommunicatios, da Ecole d'Ingénieur en Electronique, Automatique et Reseaux (Valence-França) e atualmente é professor titular da Universidade Federal de Campina Grande. Suas áreas de atuação profissional são instrumentação eletrônica, metrologia, instrumentação biomédica e microeletrônica. Tem trabalhado com sensores, em especial os sensores termo-resistivos para aplicações de medição de radiação solar, velocidade de fluidos e temperatura. Em microeletrônica tem trabalhos em circuitos analógicos reconfiguráveis, sistemas de aquisição de dados e conversores sigma delta. Em engenharia biomédica tem trabalhos para ajuda a deficientes auditivos, visuais e motores e na determinação da impedância pulmonar com a técnica das oscilações forçadas.


Nilton Morimoto - Cenário e Perspectivas em CHIPS: A Micro e Nanoeletrônica no Brasil

Nilton Morimoto obteve seu Bacharel em Física pelo Instituto de Física da Universidade de São Paulo, Brasil, em 1984 e seu M.Sc. (1987) e Ph.D. (1995) na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. É especialista sênior em pesquisa no Laboratório de Sistemas Integrados (LSI), Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, trabalhando nas áreas de processos e dispositivos de microeletrônica. Atualmente, ele também é chefe das Divisões Integradas de Microsistemas e da Seção Thin Films do LSI e Presidente da Sociedade Brasileira de Microeletrônica. Ele publicou mais de 88 trabalhos, principalmente em filmes finos e processos CVD, em diferentes revistas e procedimentos. Os seus interesses atuais são: processos de deposição de filmes finos CVD, técnicas de caracterização de materiais, fabricação de IC, MEMS, Micromachining para diferentes aplicações. Especialidades: processos CVD, MEMS, sensores, processos microeletrônicos, gerenciamento de pesquisa.


João Antonio Martino - Cursos Práticos (Oficinas) de fabricação, caracterização e projeto de circuitos integrados digitais e analógicos no pais

Graduado em Engenharia Eletrônica pelo Centro Universitário da FEI em 1981, Mestrado(1984), Doutorado(1988) e Livre-Docência(1998) em Engenharia Elétrica (Microeletrônica) pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. O pós-doutorado foi realizado em cooperação entre o IMEC (Interuniversity Microelectronic Center) na Universidade Católica de Leuven, Bélgica e a Universidade de São Paulo. Foi Professor Titular, Chefe do Departamento de Engenharia Elétrica e Coordenador dos Cursos de Engenharia Elétrica (Ênfases Eletrônica, Computadores e Telecomunicações) do Centro Universitário da FEI no período de 1996 a 2005. Implantou e coordenou do curso de pós-graduação do programa de Engenharia Elétrica da FEI no período de 2005 a 2006. É Professor da Escola Politécnica desde 1992 e foi aprovado em primeiro lugar no concurso de Professor Titular do Departamento de Engenharia de Sistemas Eletrônicos (PSI) da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (EPUSP) em 2005. É atualmente Chefe do Depto PSI/EPUSP (2011-2013) e foi anteriormente Chefe do Depto PSI/EPUSP (2009-2011) e Vice-Chefe (2007-2009). Foi Professor convidado da Universidade Católica de Leuven, Bélgica em 2003 e 2008. O seu campo de pesquisa em circuitos integrados inclui fabricação, caracterização elétrica e modelagem de dispositivos obtidos pelas tecnologias NMOS, CMOS e SOI CMOS com ênfase em transistores SOI avançados planares e de múltiplas portas (FinFET). Introduziu o estudo de dispositivos SOI no Brasil desde 1990, incluindo a proposta/fabricação de um novo transistor SOI (GC SOI MOSFET) para aplicações analógicas, seu estudo em altas e baixas temperaturas e seu uso em amplificadores operacionais. Coordenou e participou da equipe que fabricou o primeiro transistor 3D (FinFET) no Brasil em 2012. Na caracterização elétrica é dada ênfase especial ao estudo de dispositivos SOI em função da temperatura (80K a 600K) e sob a influência de radiação. Recentemente tem também estudado células de memória DRAM composta por um único transistor SOI (UTBB e 3D) e transistores de tunelamento (TFETs). É autor/editor de 6 livros. É autor e co-autor de mais de 240 artigos completos apresentados em congressos e mais de 80 artigos completos publicados em revistas. Concluiu a orientação de 33 alunos de pós-graduação, sendo 21 mestrados e 12 doutorados. É Senior Member do IEEE e Presidente do Capítulo da Electron Devices Society (EDS) do IEEE da Seção Sul-Brasil desde 2007. Tornou-se Distinguished Lecturer da EDS-IEEE desde fevereiro de 2008. É pesquisador Nível 1A do CNPq